Ícone do site Tribuna do Juruá

Programa para impulsionar exportações rumo ao Brasil é apresentado no Peru

Lima, 9 mai (EFE).- O programa “Consolida Brasil” foi apresentado nesta quinta-feira pelo ministro do Comércio Exterior e Turismo do Peru, José Luis Silva, e tem como objetivo promover a exportação de produtos peruanos para os estados brasileiros do Acre e Rondônia.

“Com este programa será aproveitada a estrada Interoceânica lance Sul para consolidar a oferta logística em fretes competitivos a curto prazo e com um mecanismo permanente que permita a facilitação documentária e de passagem para a carga com destino ao mercado brasileiro”, disse Silva.

“Consolida Brasil” brindará informações permanentes sobre o controle fronteiriço, a coordenação com autoridades brasileiras e contará com assistência personalizada para a obtenção de permissões para a exportação.

O ministro indicou que o programa será dirigido para empresas exportadoras que contem com clientes para concretizar embarques ao Brasil a curto prazo, companhias de transporte e operadores de carga, entre outras.

Segundo dados do Ministério de Comércio Exterior e Turismo (Mincetur), atualmente 95% das exportações peruanas ao Brasil são realizadas por via marítima, por isso que os produtos demoram entre 50 e 70 dias para chegar, por isso que se estima que com o embarque terrestre o processo será acelarado.

Entre 2008 e 2012, as exportações ao Brasil subiram 10% na média anual, e as vendas neste último ano chegaram a US$ 1,4 bilhão, segundo informação do Mincetur.

Os principais produtos que o Peru exporta para o Brasil estão camisetas e camisas de algodão, azeitonas, uvas frescas, aspargos, pescados em conserva, cebolas e alhos.

No ano passado, foram registrados 526 empresas peruanos que exportavam ao Brasil, o que equivale a 6,5% a mais em relação a 2011. EFE

Sair da versão mobile